Como saber qual orixá me protege?

orixá protetor
Escrito por Paulo Rodrigues

Como saber qual orixá me protege? O meu Protetor? Afinal, são vários e saber disso é essencial para que saibamos a qual ofertar, para qual pedir, para qual correr nos momentos de aflição e, principalmente, para qual agradecer quando recebemos o que tanto desejamos.

Existem várias maneiras de descobrir isso, mas algumas são mais utilizadas do que outras. Separamos para você as mais simples e descomplicadas formas de entender isso.

Continue lendo e descubra qual é o seu orixá protetor.

Como saber qual orixá me protege? Qual meu orixá de cabeça?

Cada religião tem a sua própria forma de dividir e denominar as coisas, na Umbanda isso não poderia ser diferente, pois é. A Umbanda traz a visão dos três pilares, o orixá de frente, o ancestral e o juntó.

Saber quais são os seus orixás é muito importante para que você saiba a quem pedir as coisas e a quem recorrer quando tudo dá certo e você deseja agradecer. 

Orixá protetor: orixá de cabeça na umbanda

Existem algumas controvérsias em relação a isso. Há quem diga que a pessoa acaba sentindo qual é o seu cabeça, enquanto outras pessoas dizem que somente os mais sábios na religião podem dizer quem é o protetor de quem.

A verdade é que, para que você possa de fato saber com certeza, é interessante visitar sim um terreiro, passar a entender melhor a religião, ser mais participativo(a) na mesma… etc.

Cada orixá tem o seu próprio conjunto de características, para que um pai/mãe de santo possa identificar quem é o seu orixá cabeça, você deve ser observado por algum tempo.

Isso é perceptível até mesmo pelas atitudes, tolerância, intolerância, gostos, mas para que possa se saber com certeza, é necessário que alguém qualificado dê o veredito.

Também poderá interessar ler ciganos na Umbanda

Como saber qual orixá me protege em casa?

qual é orixá de cabeça ?

Bom, é claro que nem todas as pessoas conseguem ir ao terreiro para consultar esse tipo de coisa.

Se você é iniciante na religião e ainda não sabe como começar a ir, fique tranquilo(a), você pode ter uma ideia de quem é o seu cabeça na sua própria casa!

É claro que isso não te traz a certeza e a segurança de uma consulta com uma pessoa que estudou a umbanda e as entidades durante toda a vida, mas pode ser suficiente por enquanto.

Todos os orixás têm as suas próprias características, alguns com traços mais fortes e outros mais brandos.

É bastante fácil  encontrar essas características, a grande parte dos artigos sobre os orixás falam também sobre as suas características mais fortes e, principalmente sobre os seus filhos.

Bom, se você buscar nestes artigos, você consegue saber quais são os filhos de tal orixá e o que eles têm de características mais fortes, partindo daí você deve relacionar isso com a sua personalidade.

Por exemplo, se orixá tal é bondoso, calmo, brando e amoroso, você deve considerar sobre se você tem essas características. Se sim, então você pode ter como protetor este orixá.

Como já dito anteriormente, não podemos ter certeza absoluta sem que alguém mais instruído analise a nossa energia, mas já serve para que tenhamos uma noção.

Descobrir orixá de cabeça pela data de nascimento

Esse é um assunto um tanto quanto polêmico, há quem diga que é sim possível fazê-lo, enquanto outras pessoas afirmam fielmente que é possível sim descobrir o orixá protetor com a data de nascimento.

Nós sustentamos que não é possível descobrir o orixá de cabeça com a data de nascimento, porque isso em nada tem relação com a umbanda ou com o candomblé, apenas com a astrologia.

É algo que, quando misturado, não faz muito sentido. Não vale a pena apostar nesse tipo de informação incerta, principalmente se você quer algo para uma coisa mais séria, como uma oferenda por exemplo.

Por mais que muitos sites ofereçam esse serviço, melhor é mesmo visitar os artigos que falam sobre as características de cada orixá e ir comparando o que bate e o que não bate com a sua personalidade.

A questão pela qual muitas pessoas confiam na descoberta pela data de nascimento é que, por mais que seja algo incerto, em alguns casos condiz com a realidade. No entanto, já que isso é sobre religião, não é muito interessante ficar com dúvidas.

As religiões africanas são conhecidas por levarem muito a sério a nossa ligação com as entidades, o nosso contato, o nosso agradecimento, as nossas ofertas e os nossos pedidos, por isso é essencial que saibamos de quem somos.

Visite um centro, converse com pessoas que já estão há mais tempo na religião, além de ser uma grande descoberta cultural, é uma maneira de se aprofundar muito mais nessa belíssima religião.

Também pode interessar:

Agora que você já teve acesso às nossas dicas de Como saber qual orixá me protege, conta para a gente, qual é o seu orixá?!

Sobre o autor

Paulo Rodrigues

Apaixonado pelo mundo místico e o místério das simpatias. Mestre de Reiki e pesquisador ativo em paranormalidades. Com o propósito de ajudar as pessoas na busca do autoconhecimento.

* Saiba como escrever para o site, envie um email para: contato@simpatiaspoderosas.info

Deixe um comentário