Durante a Idade Média, a caça às bruxas era uma prática comum em todo o mundo. As pessoas acreditavam que essas mulheres eram capazes de praticar a magia negra e causar danos às suas comunidades. Para identificar as bruxas, foram criadas várias técnicas aterrorizantes que eram usadas pelos inquisidores e pelos caçadores de bruxas. Neste artigo, iremos explorar quatro das técnicas mais comuns usadas para identificar bruxas na época medieval. Prepare-se para aprender sobre essas práticas horripilantes e entender um pouco mais sobre a história da caça às bruxas.

As horríveis técnicas utilizadas para identificar bruxas na Idade Média

A Idade Média é conhecida por ser uma época de obscurantismo, superstições e perseguição religiosa. Uma das maiores vítimas deste período foram as mulheres acusadas de bruxaria. As técnicas utilizadas para identificar bruxas eram aterrorizantes e cruéis, muitas vezes resultando em tortura e morte.

1. O julgamento da água

Esta técnica consistia em amarrar a pessoa acusada de bruxaria e jogá-la em um lago ou rio. Se flutuasse, era considerada culpada e se afundasse, inocente. No entanto, como muitas vezes as pessoas eram amarradas com pesos, a maioria acabava morrendo afogada.

2. O julgamento do fogo

Este julgamento ocorria da seguinte forma: a pessoa era amarrada em um poste e rodeada por feno e madeira, que eram incendiados. Se a pessoa sobrevivesse, era considerada inocente, mas se morresse queimada, era vista como culpada. Vale destacar que muitas vezes as pessoas eram previamente torturadas para confessar a culpa.

3. O uso do ferro em brasa

Esta técnica consistia em colocar um ferro em brasa na mão da pessoa acusada de bruxaria. Se ela não gritasse de dor, era considerada culpada. No entanto, muitas vezes a pessoa gritava mesmo sendo inocente, já que o ferro em brasa era extremamente doloroso.

4. O exame do corpo

Neste exame, os inquisidores procuravam marcas no corpo da pessoa acusada de bruxaria, que supostamente seriam marcas do diabo. Estas marcas incluíam verrugas, pintas, cicatrizes e até mesmo marcas de nascença. Qualquer marca estranha no corpo da pessoa era considerada prova de sua culpa.

As caçadas às bruxas: as táticas mais aterrorizantes usadas ao longo da história

Na época medieval, as caçadas às bruxas foram u