Amor de vidas passadas

amor de vidas passadas
Escrito por Paulo Rodrigues

Se reencontrar com um amor de vidas passadas é algo muito raro de se acontecer, mas essa possibilidade está longe de ser nula. O que poucos têm, na verdade, é a sabedoria necessária para perceberem quando isso acontece.

Talvez você já tenha sentido uma forte ligação com alguma pessoa que cruzou o seu caminho, mesmo que ainda não tivesse havida um primeiro contato. Em outras vezes, nos lembramos de um rosto, mas não sabemos de onde.

Todas essas coisas podem preceder a descoberta de um possível contato com alguém que tenha feito parte de nossas vidas passadas. Quer saber mais sobre isso? Continue lendo.

Encontrando um amor de vidas passadas

Como na prévia dos primeiros parágrafos, pode haver uma grande familiaridade com a aparência da pessoa, jeito de ser ou até meso a voz.

Boa parte das pessoas já passaram por isso, algumas delas nem sequer sabem que isso pode sim indicar um possível contato de vidas passadas. A relação disso tudo é muito interessante, afinal, nunca sabemos se tivemos de fato um passado com alguém ou não.

Os mais céticos relutam em acreditar nisso, mas cada vez mais temos pessoas antenadas no assunto, seja por gosto ou meramente por curiosidade.

Vale a pena ressaltar que, quando falamos sobre amor de outras vidas, não falamos somente de namorados, esposos ou coisas do tipo. Podemos reencontrar familiares, antigos amigos que costumávamos amar… todos os tipos de pessoas.

Amor de vidas passadas: como descobrir

A parte mais importante é, sem sombra de dúvidas, é essa sobre como identificar alguém que conhecemos de vidas passadas. De que adianta saber tudo sobre o assunto mas não estar apto a perceber isso?

Pois é, mas saiba que isso não é tão simples quanto parece, para que você possa de fato descobrir se você já conhecia essa pessoa, você precisa estar bastante sensível e principalmente atento(a) a alguns sinais de um amor de outras vidas.

Há quem acredite que, boa parte das pessoas importantes em nossas vidas anteriores, acabam ressurgindo nas próximas, justamente por conta da grande ligação. Essa é uma teoria que se sustenta muito bem.

Quando sentimos simpatia imediada a alguém, pode ser que essa pessoa tenha desempenhado um papel muito importante em nossa vida. Pode ter sido um familiar muito próximo, amigo ou um namorado. Essa sensação é muito positiva, nos sentimos felizes com a pessoa.

A antipatia involuntária pode representar um problema passado com essa pessoa, talvez uma discussão séria ou algo do tipo. Não conseguimos ficar à vontade de jeito nenhum.

Sentir que conhece alguém há muito tempo pode ser um forte indício de que essa pessoa já estava com você há muito tempo. Essa sensação é muito boa, quase todas as pessoas passam por isso.

Muitas brigas  podem indicar que talvez você e a pessoa em questão tenham casos inacabados para resolver. O intuito das novas vidas é a evolução do ser, tente abater essas dívidas passadas.

Quando nos encontramos com amores de vidas passadas, podemos também sentir uma atração quase que instintiva sobre a pessoa, desde o primeiro momento. Esse conceito é tratado atualmente como amor a primeira vista.

Se você conhece alguém que, só de estar por perto te faz sentir culpa, pode ser que você tenha feito algo para essa pessoa no passado, como talvez traído. Tente se livrar disso.

Dizer coisas ao mesmo tempo que a outra pessoa pode significar uma forte ligação, se isso sempre acontece entre você e alguém, talvez seja interessante começar a buscar outros sinais também

Amor mal resolvido de outras vidas como descobrir?

Se você tem um amor mal resolvido de vidas passadas, pode ser que você venha descobrir isso em algum momento de sua jornada atual.

Bom, se esse relacionamento passado foi frustrado, teve brigas, traições ou alguma coisa do tipo, pode ser sim que a pessoa retorne em posição de cônjuge para nós, para que busquemos resolver os débitos do passado.

Lembre-se que o motivo da reencarnação é nos lapidar mais, partindo para o rumo da perfeição, então todo o esforço é válido para sermos melhores em cada vida.

Você pode sim se reapaixonar por amores que deram errado em outras vidas, mas você precisará se munir de muita paciência e boa vontade para que isso dê certo. 

Comece as estudar os sinais e descubra se essa pessoa realmente fez parte do seu passado, se a resposta for positiva, então comece a perceber onde e como você pode melhorar a relação.

Pode ser reconfortante ou desesperador, descubra como você se sente em relação às pessoas que você teve ao seu lado, amou e odiou em outras vidas, isso é importante até para que sejamos capazes de entender mais sobre nós mesmos.

Tenha em seu coração a certeza de que tudo acontece da maneira que deveria, não tenha medo de reconhecer e aceitar essas situações.

Também vai gostar de ler:

Agora que você sabe reconhecer um amor de vidas passadas, use isso a seu favor e saiba muito mais sobre as pessoas que te cercam. Boa sorte!

Sobre o autor

Paulo Rodrigues

Apaixonado pelo mundo místico e o místério das simpatias. Mestre de Reiki e pesquisador ativo em paranormalidades. Com o propósito de ajudar as pessoas na busca do autoconhecimento.

* Saiba como escrever para o site, envie um email para: [email protected]

Deixe um comentário