A cafeomancia é uma prática já muito antiga, que tem sido cada vez mais comentada por todo o mundo. Junto com a fama vem a curiosidade, afinal, quem é que não gostaria de saber um pouco mais sobre o que o futuro guarda?!

A proposta deste tipo de oráculo é muito parecida com as outras, a diferença é o material utilizado em sua leitura: o café. Sim, o cafezinho preto tão apreciado pela grande maioria dos brasileiros. Será que ele é capaz de revelar o nosso destino?

Claro que não é exatamente assim, esse tipo de prática exige muito mais atenção e até mesmo estudo. É uma maneira interessantíssima de se conectar com a espiritualidade e receber conselhos sobre a nossa vida cotidiana.

Oráculo da Borra de café

O que é a cafeomancia?

A cafeomancia, como qualquer outro oráculo, serve para que nós, seres humanos, possamos nos conectar com o futuro, recebendo mensagens e até mesmo conselhos.

A pessoa que deseja receber a mensagem pela borra do café deve se concentrar, manter a mente limpa de preocupações e se focar somente no que está acontecendo naquele momento.

A pessoa irá beber o café da consulta e, o que sobrar na borra será o ponto chave da leitura. Os símbolos encontrados revelam o que pode acontecer em sua vida, e você decide como levar essa mensagem.

Como é feita essa consulta?

Essa prática tem as suas exigências e particularidades, o café deve ser fervido junto com a água e não pode ser coado mais do que uma única vez. Pode ser adoçado se for uma preferência do consultante, mas não muito.

O ambiente onde essa leitura vai ser realizada deve ser calmo e purificado, acender um incenso de alecrim pode ser uma boa ideia para esse momento tão espiritual.

Assim como todo e qualquer oráculo, a cafeomancia deve ser feita com muito respeito. Não há um método único de preparação para a leitura, mas o recomendado é que cada consultante faça o que puder para se concentrar.

O café é preparado e, em seguida, posto em uma xícara de fundo branco. A pessoa que deseja saber sobre o seu futuro deve beber esse café bem lentamente, aos golinhos.

A pessoa deve mentalizar durante este momento as suas questões sobre o futuro, de modo que esteja em sintonia com os resultados da leitura, ao fi