Você sabe quantos orixás existem? Venha descobrir

quantos orixás existem
Escrito por Paulo Rodrigues


As crenças africanas são como uma tradição, são passadas de mães para filhos e assim por diante. Não importa se você sabe muito ou quase nada sobre o assunto, em algum momento você já deve ter se perguntado sobre quantos orixás existem.

A verdade é que é um tanto quanto complicado saber ao certo sobre isso, já que inúmeras coisas tiveram que ser adaptadas para que estas crenças pudessem ser passadas no Brasil.

A umbanda  e o candomblé ainda são alvos de preconceito nos dias atuais, o que dificulta que os canais de informações sejam realmente abertos para desmistificar as questões daqueles que nada sabem sobre o assunto, justamente por isso este artigo está sendo escrito hoje.

quantos orixás existem

O que são orixás?

Ao se questionar sobre quantos orixás existem e quais seus tipos, é necessário ter primeiro a noção correta de o que são orixás.  Eles representam as forças da natureza, cada um de sua maneira.

Os orixás, diferentemente dos Santos católicos não tem nada de santos. São postos como seres errantes, assim como nós, mas que, de alguma maneira conseguiram uma maior compreensão sobre a natureza, se tornando entidades divinas.

Alguns detalhes podem acabar mudando de acordo com as vertentes da crença, mas na visão geral, os orixás são encarados todos da mesma forma. É algo bastante simples e descomplicado de se compreender.

Quantos orixás existem

Como já dito anteriormente, pode acabar sendo uma tarefa bem complicada tentar enumerar todos os tipos de orixás, uma vez que existem algumas adaptações feitas nas crenças africanas aqui no Brasil.

Estudiosos dedicam pesquisas completas à cultura, talvez algum dia consigamos saber precisamente quantos orixás existem e quais são as suas características.

Enquanto isso não ocorre, é possível buscar conhecer mais sobre os orixás mais citados em nossa vertente da crença. Vamos saber alguns dos nomes de orixás mais conhecidos?

Oxalá

Oxala

Este é um dos mais relevantes orixás, ao falar sobre o assunto este nome vem sempre à ponta da língua. Orixá da água e do ar, este vem representando a paz.

Em algumas vertentes da crença, acredita-se que Oxalá foi o verdadeiro criador do mundo, então dá-se aí a dimensão de sua importância. É comum que aqueles que se sintam abalados busquem a Oxalá para restaurar a sua fé.

Na crença é costumeiro se escutar que quem decide o momento do falecimento dos seres humanos é Oxalá, já que ele é o mesmo que nos criou.

Oxalá veio para dar forma a tudo o que há de bom na terra, desde o amor até a paz e a felicidade. Se você desejava saber quantos orixás existem, você já começou conhecendo um dos mais importantes deles.

Ogum

ogum

Este é um dos mais fortes Orixás, tanto que é conhecido em todas as vertentes como o Orixá Guerreiro. Na crença ele luta por nós, buscando proteger o nosso espiritual.

Assim como Oxalá, Ogum é um dos principais Orixás. Este é o cuidador das batalhas materiais e espirituais, aquele que busca manter a ordem em nossas vidas para que sejamos capazes de encontrar a felicidade.

Ogum é o Orixá do metal, é muito comum se escutar que, se não fosse por ele, o ser humano não teria feito nem metade do que fez no quesito de descobertas.

Iemanjá

Iemanjá

Iemanjá é um dos Orixás mais citados e conhecidos, dificilmente você nunca terá ouvido falar da poderosa mãe dos peixes, a que se atribui o seu nome. Existe uma intensa história por trás deste orixá, assim como da maioria.

Iemanjá é a rainha dos mares, onde vive buscando se distanciar daqueles que fazem mal à natureza e a sua casa: as águas. Ela é mãe de grande parte dos orixás, então vem trazendo fertilidade. Ao falar sobre quantos orixás existem, é difícil não pensar na mãe Iemanjá.

Como toda boa mãe, Iemanjá protege o que é seu. Protege os pescadores e todos aqueles que respeitam o seu meio, recebendo oferendas daqueles de quem é guia.

Xangô

Xangô

Como já foi percebido, cada Orixá traz sua especialidade e sua importância de forma única, cada um de sua maneira, Xangô vem trazendo sabedoria, ajudando a tirar fora a confusão da mente dos seres humanos.

Ele vem pondo em prática a justiça, punindo aqueles que tem feito o mal e recompensando aqueles que tem feito o bem. É um Orixá muito forte, sem sombra de dúvidas.

Xangô favorece os justos, isso é algo com que todos podem concordar. Ele representa o trovão, algo muito interessante devido a todas as suas características tão fortes.

Oxum

Oxum

Oxum é o orixá da riqueza, da abundância, do amor. Dominadora do sexo feminino, protege as mães e as jovens do perigo. Enquanto Iemanjá é a rainha dos mares, da água salgada, Oxum domina as águas doces.

Oxum é uma ótima guia, é conhecida por jamais virar o rosto aos seus filhos, oferecendo sempre o seu cuidado e proteção, sem nunca deixá-los à mercê do perigo.

Também é muito citada devido à sua bondade, não costuma desamparar a quem quer que seja que venha até a ela pedindo por socorro. 

Iansã

Iansã

Rainha dos temporais, essa vem para marcar os locais por onde passa. Protege os que a seguem de todo o tipo de magia que vem para prejudicar, muito forte.

Nunca se esqueça de colocar Iansã em sua conta de quantos orixás existem, essa é certamente uma das que vem com mais força para proteger aqueles que a escolhem como guia.

Oxossi

Oxossi

Por último mas não menos importante, Oxossi, o rei das matas! Busca a alma daqueles que maltratam a natureza, é um orixá muito protetor, seus filhos não devem ter medo.

Este é um Orixá bastante corajoso que inspira coragem também em seus filhos. É bastante poderoso e usa todo o seu poder com muita sabedoria, o que é ainda mais importante.

Também pode interessar:

Se você desejava saber quantos orixás existem, talvez você ainda não tenha a resposta mais objetiva, mas agora você conhece mais sobre os principais orixás presentes em nossa cultura. 

Sobre o autor

Paulo Rodrigues

Apaixonado pelo mundo místico e o místério das simpatias. Mestre de Reiki e pesquisador ativo em paranormalidades. Com o propósito de ajudar as pessoas na busca do autoconhecimento.

* Saiba como escrever para o site, envie um email para: [email protected]

Deixe um comentário