Saudações aos orixás na umbanda

Saudações aos orixás na umbanda
Escrito por Paulo Rodrigues

Se você, leitor, quer ficar por dentro das principais saudações aos orixás na umbanda, deve ser porque você tem alguma curiosidade nisso ou até mesmo algum interesse um pouco mais profundo do que a mera curiosidade.

Cada entidade e orixá tem o seu quadro de características, saudações, expressões… no entanto, são tantos guias que se torna uma tarefa bastante difícil fazer uma lista com todas as entidades e várias coisas sobre cada uma delas.

Mas ainda que não tenhamos uma lista completa, trazemos para você hoje a lista dos principais orixás, com suas saudações e com suas características. Bom proveito!

Oxalá

Oxalá na Umbanda é visto como o maior dos orixás. Na visão da religião ele e retratado como criador de todas as coisas. Justamente por isso [e que ele é colocado com tanta relevância, afinal, se ele foi capaz de criar o mundo, do que ele não é?

Se você tem esse orixá como guia, então você já deve saber que ele tem características fortes, mas que jamais abandona um de seus filhos por alguma razão banal. É um justiceiro nato e nada passa batido diante dos seus olhos.

Os filhos de Oxalá possuem fortes características herdadas do pai, são intolerantes à injustiça, podem acabar sendo um pouco violentos de tão vingativos, mas são acima de tudo completamente fiéis e presentes.

Saudação de Oxalá: Epá Babá Oxalá/ Exê Babá

Saudação corporal: Para fazer essa saudação você deve abrir os seus dois braços, deixando as suas mãos na altura da cabeça.

Logunã

Logunã auxilia os seres humanos a serem mais ponderados, não é um grande apoiador da idolatria religiosa, então mantém os seres humanos na linha para que não façam  o mal usando como desculpa a religião.

Os filhos de Logunã odeiam acima de tudo a falsidade e a hipocrisia, são grandes defensores da justiça e da benfeitoria, não deixam na mão quem quer que seja, mesmo que um dia tenha sido um inimigo.

Saudação de Logunã: Oiá Tempo

Saudação corporal: Mão direita apontando para o céu em movimentos circulares.

Oxum

Oxum é uma orixá muito poderosa da Umbanda. Ela é vista com muita importância em seu cenário. Tem como principal símbolo a sua sensualidade muito marcada, é muito feminina e sabe o que é bom.

Os filhos de Oxum costumam ser pessoas muito bonitas, com muitas qualidades atraentes, que chamam a atenção de qualquer pessoa que passe por perto delas. As mulheres de Oxum são sempre as mais sedutoras.

Saudação de Oxum: Ora iê iê ô

Saudação corporal: Mãos abertas na altura da barriga se movimentando.

Oxumaré

Oxumaré é o orixá da calmaria, da estabilidade e da facilidade. Junto com Oxumaré vem a riqueza, o conforto, o privilégio. É uma entidade bastante positiva e, quem a tem como guia sempre acaba saindo na melhor.

Os filhos de Oxumaré são sempre apaixonados pelo conforto, adoram ter tempo para fazerem aquilo que gostam, adoram ter tudo do bom e do melhor. É muito simples agradá-los, desde que possamos oferecer algum conforto.

Saudação de Oxumaré: Arroboboi

Saudação corporal: Deixe as suas duas mãos erguidas à altura do peito, mas um pouco distantes.

Oxóssi

Esse é o orixá da fartura, por onde passa faz banquetes e traz riquezas. Os seus filhos estão sempre cercados de coisas boas da vida, comidas diferentes, muito dinheiro, adoram joias como presente.

Saudação de Oxóssi: Okê Arô

Saudação corporal: Dedos indicadores apontando para a frente, um pulso em cima do outro.

Obá

Obá é uma corajosa Orixá. Foi a primeira mulher de Xangô, que é outro orixá de extrema importância para a Umbanda. Os filhos de Obá são corajosos e destemidos como ninguém.

Saudação de Obá: Akiro Obá Yê!

Saudação corporal: Bata as palmas das mãos no chão três vezes, em frente aos seus pés.

Xangô

Xangô é o orixá dos raios e da justiça, ninguém foge da sua fúria impune. É um orixá que preza pelos seus mas não acolhe aqueles que prejudicam aos outros. Os filhos de Xangô odeiam a falsidade acima de tudo.

Saudação de Xangô: Kaô Kabecile!

Saudaçao corporal: Uma não cobrindo a nuca e uma mão cobrindo a testa, de olhos fechados.

Ogum

Orixá guerreiro, Ogum é extremamente forte e temido. Não é dos mais abertos às pessoas, mas os seus filhos são prioridade.

Saudação de Ogum: Patacori Ogum

Saudação corporal: Uma mão com o indicador apontando para cada lado.

Omolú

Omolú é o orixá da morte, aquele que nos busca para o fim da vida. Seus filhos são corajosos e guerreiros.

Saudação de Omolu: Atotô

Saudação corporal: Abaixe-se e desenhe uma cruz no chão com ajuda de sua mão esquerda.

Essas são as mais comuns saudações aos orixás na umbanda, é claro que isso pode mudar quando se trata do candomblé, por exemplo, então sempre vale confirmar as informações de acordo com a suas necessidades.

Aqui estão algumas das mais famosas saudações aos orixás. Você é filho(a) de quem?!

Sobre o autor

Paulo Rodrigues

Apaixonado pelo mundo místico e o místério das simpatias. Mestre de Reiki e pesquisador ativo em paranormalidades. Com o propósito de ajudar as pessoas na busca do autoconhecimento.

* Saiba como escrever para o site, envie um email para: [email protected]

Deixe um comentário